Banco Central estabelece regras sustentáveis para acesso ao crédito rural

O Banco Central do Brasil editou uma série de normas para incluir de vez o ESG nas operações bancárias. Hoje vamos falar sobre a Resolução BCB 140/2021que se trata da inclusão de um capítulo de Sustentabilidade e restrições ao crédito rural no Manual do Crédito Rural do BCB.


As instituições financeiras serão obrigadas a excluir da possibilidade de concessão de crédito rural uma série de empreendimentos irregulares ou que se desenvolvam em imóvel situado no Bioma Amazônia, que tenha área embargada em seu interior.


Essa Resolução se baseou na Consulta Pública 82/2021. Esta consulta tratava da área embargava e gerava dúvidas se as atividades desenvolvidas fora dessa área poderia ter acesso ao benefício do crédito rural. Com a nova redação, foi esclarecido que não é permitido.

“Práticas sustentáveis podem ser desenvolvidas de forma particular a cada propriedade. Talvez essas práticas sejam ainda mais sustentáveis do que as listadas pelo Banco Central. A partir da medida que você pontua nos normativos uma prática boa ou um mutuário que pode ter risco ambiental na hora de conseguir o crédito, na prática o agente financeiro já vai se retrair na concessão do crédito e partir pra outro, o que é uma injustiça”, argumentou à época o diretor de financiamento e Informação do Ministério da Agricultura, Wilson Vaz de Araújo.


Para quem ainda não se preocupa e não entende a importância do ESG, é hora de acordar! O futuro da sua empresa depende de como você pratica o ESG hoje! Entre em contato e tire suas dúvidas sobre o assunto.

📞 (32) 3532-3599

💻legalizar@legalizarconsultoria.com.br



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo