Buscar
  • Caroline Balbino

COMO CONTRATAR UMA CONSULTORIA AMBIENTAL SEM MEDO DE ERRAR - DÚVIDAS E DICAS ESTRATÉGICAS

Em razão das chamadas obrigações ambientais legais e as demais exigências de mercado em razão das diversas mudanças climáticas vividas nos últimos tempos, tornou-se necessária a contratação de profissionais que possam auxiliar o gerenciamento dos aspectos ambientais de todo empreendimento, quer seja ele industrial ou rural.

Em tempos globalizados, é emergencial envolver a sustentabilidade em qualquer atividade que venha direta ou indiretamente impactar o meio ambiente. Em tempos de quarentena é mais impossível prever estar aliado com assessorais que não têm qualidade, compromisso e credibilidade no mercado e expertise à altura do momento.

Diversos fatores tais quais, prorrogações de prazos, ampliação de validade de licenças, renovações são assuntos de extrema complexidade, tendo em vista que apesar de haver o amparo legal, infelizmente sabemos que algumas obrigações, NÃO SÃO PRORROGÁVEIS, tais quais as que envolvem qualidade e monitoramento ambientais.

A forma e o momento de se contratar um consultor ambiental para seu empreendimento são muito mais abrangentes do que simplesmente observar e cotar PREÇOS. O valor de um profissional de qualidade pode valer O SEU EMPREENDIMENTO INTEIRO e sua má escolha, pode comprometer o seu negócio de forma catastrófica.

Visando auxiliar os leitores que possuem consultor ou pretendem contratar, nosso artigo listará algumas etapas necessárias nesse processo. Para nova contratação:

* Defina se irá optar por consultor pessoa física ou empresa com profissionais de diversas formações. É sempre indicado, em razão da limitação de um profissional apenas que a empresa ou atividade contratante opte por uma equipe multidisciplinar, tal como no Grupo Legalizar;

* Opte por empresa de consultoria ambiental que tenha dentre outras especialidades, um advogado(a) especialista, com formação técnica, para auxiliar na burocracia do processo de licenciamento e interpretação da lei vigente;

* Confira os cadastros dessa empresa de consultoria no CREA, Ministério Público e Justiça Criminal, além de fazer uma pesquisa em empresas de mesmo nicho de marcado para saber se a candidata está envolvida em multas e outros problemas com outras contratantes;

* Verifique no órgão ambiental se a empresa candidata está envolvida com rotineiras perdas de prazos, processos administrativos de apuração de fraudes, ou corrupção;

* Consulte o CNPJ para saber se é realmente uma empresa devidamente constituída na Junta Comercial e possui Capital Social compatível com o risco do contrato do qual está sendo entregue à responsabilidade dessa, assim, você consegue projetar inclusive a capacidade de suporte dessa empresa, em caso de falência, problemas operacionais e até mesmo, se possui condições de ser cobrada numa ação de regresso, possíveis prejuízos gerados pela negligência na prestação desses serviços;

* Certifique-se que essa empresa tem o knowhow necessário marcando uma reunião para saber sobre as estratégias de prestação de serviço que será adotada na sua empresa ou atividade. As reuniões online nesse período de quarentena podem ser uma boa saída para aumentar a transparência do processo de contratação, haja vista que trata-se quase de um "namoro" com possibilidade de "casamento" ao longo das negociações;

* Peça lista de cases de sucesso e óbvio, seja objetivo quanto à essas informações e não abra mão de ligar e fazer contato com os clientes já servidos por essa empresa de consultoria;

* Faça contrato de prestação de serviços e solicite cronograma de regularização e prazos para sua elaboração;

* Sempre mantenha senhas e acessos de sistemas monitorados, para evitar que sejam apagados dados já preenchidos;

* Apenas forneça cópias de documentos, assim, você não compromete a segurança documental de seu empreendimento;

* Não deixe de verificar Antecedentes Criminais, Civil e outros junto aos órgãos de classe. Possivelmente essa pessoa, caso seja problemática, tenha processos administrativos disciplinares ou judiciais, caso seja um mau profissional/empresa;

* Faça termo de Sigilo e Confidencialidade, bem como, proteja métodos e patentes industriais, caso seja necessário;

* Exija auditoria ou relatórios mensais de acompanhamento e monitoramento de todos os itens do cronograma inicial e justificativas em caso de não cumprimento;

* Exija inscrição e documentos do RT (Responsável Técnico) dessa empresa e verifique sua credibilidade, pois como eu mesma digo: "Um ART (anotação de responsabilidade técnica), nas mãos de quem não sabe usar / não tem autoresponsabilidade, É UMA ARMA!". Portanto, qualquer cuidado é pouco.

Não menos importante e extremamente delicado, o período de troca de empresa de consultoria é sempre um estresse, quer seja ele, financeiro, quer seja ele operacional. Entrega de documentação da antiga prestadora de serviços, baixas de ARTs e troca das ARTs em processos de regularização, devolução de documentos originais, trocas de senhas e e-mails de sistemas, assunção das responsabilidades pela nova consultoria são sempre um período tenso e deve ser feito de forma paciente e atenciosamente.

Algumas orientações básicas, podem evitar o desperdício de tempo e evitar perdas de dados e documentos de sua empresa ou empreendimento, são elas:

* Peça uma auditoria da empresa candidata (nova consultoria) para saber sobre as pendências do seu empreendimento ou atividade;

* Peça uma lista das pendências de prazos que ficaram por cumprir pela antiga prestadora de serviços, assim, você pode priorizar o que está vencendo e evitar pagamento de multas altas;

* Atualize seus cronogramas de cumprimento de condicionantes das licenças e cronograma de regularização de pendências;

* Solicite o mais rápido possível a liberação de sistemas e senhas para que possam ser trocadas e limitados os acessos da empresa que está cessando as atividades em sua empresa. Porém, por ética, é sempre prudente avisar que as senhas e sistemas serão mudados, assim evita que fiquem contatos da antiga consultoria nos sistemas ambientais de sua empresa;

* Faça um distrato devidamente formalizado e acerte as pendências financeiras e multas contratuais que houverem;

* Solicite uma prestação de contas por escrito para que a consultoria sucessora consiga iniciar os trabalhos de onde a antiga parou sem maiores prejuízos à sua empresa;

* Peça os originais de documentos e taxas pagas que houverem de posso da antiga consultoria;

* Exija cópia do caderno de protocolos no distrato, assim você possui controle do que já se encontra devolvido no setor ambiental da sua empresa, caso houver.

* Evite perder-se nesse momento e não TERCEIRIZE os deveres de cuidados que são seus, empresários.

Evite problemas e sempre certifique-se de que contratou empresa qualificada para cuidar o setor ambiental da sua empresa. Sabe-se que a área, sendo nova, possui vários aventureiros, inclusive sempre existirá alguém que cobra mais barato. Não se engane com o preço, pois uma má contratação pode sair mais caro do que se imagina.


Para mais detalhes de contratação e troca de consultoria, acesse www.legalizarconsultoria.com.br ou envie-nos um e-mail em legalizar@legalizarconsultoria.com.br.



69 visualizações
Grupo Legalizar ® 2019
Todos os direitos reservados
seta_topo3.png